sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Amarra o Teu Arado a Uma Estrela.




" Se os frutos produzidos pela terra Ainda não são Tão doces e polpudos quanto as peras Da tua ilusão Amarra o teu arado a uma estrela E os tempos darão Safras e safras de sonhos Quilos e quilos de amor Noutros planetas risonhos Outras espécies de dor  " 

Gilberto Gil

Nenhum comentário:

Postar um comentário